A crise da cultura e a ordem do amor - Victor Sales

Dos filósofos gregos aos santos cristãos, da poesia ao cinema, do conservadorismo ao niilismo, da mariologia à arquitetura, da especialização ao relativismo, do mimetismo ao barbarismo.

Preço normal R$ 105,90

em até 3x de R$ 35,30

Preço normal Preço promocional R$ 105,90

em até 3x de R$ 35,30

Frete calculado no checkout.

Há uma certeza de fundo, a de que o homem moderno barbarizou-se (vem se barbarizando) ao ser destituído dos meios que outrora lhe asseguravam o ordenamento da alma e, consequentemente, da pólis.

Desta premissa decorrem questões éticas, estéticas e políticas, ensejando a pluralidade dos temas tratados, tipicamente apresentados em pequenos ensaios, enquadrando nosso autor, Victor Sales Pinheiro, nos moldes de uma crítica de viés conservador, notoriamente consagrada no universo de autores britânicos célebres (Burke, Chesterton, Scruton, Dalrymple, etc.), mas também presente em luminares brasileiros como Mário Ferreira dos Santos e Benedito Nunes, que, entre outros, são devidamente citados, referendados e homenageados neste livro. Maurício G. Righi

Ficha Técnica:
Editora: E Realizações
Dimensões: 14.00 x 21.00 cm
Páginas: 376
Idioma: Português

 

Preço normal R$ 105,90

em até 3x de R$ 35,30

Preço normal Preço promocional R$ 105,90

em até 3x de R$ 35,30